Seu streaming brasileiro de Rock!
Bandas

Banda CxDxFx alia peso e revolta em seu som

2 min leitura

Os mineiros da CxDxFx (Chafun Di Formio) são uma banda de hardcore punk no mais puro do estilo. Velocidade, fúria, distorção e letras de protesto são a síntese do quarteto que possui mais de 10 anos de história.

CxDxFx

Formada em 2008 na cidade de Ituiutaba, no interior de Minas Gerias, a CxDxFx, teve início como tantas outras bandas, amigos que se juntaram para tocar sons que curtiam. Após uma pausa por conta da mudança de um membro, o grupo se reuniu novamente em 2013 e iniciou o processo de produções autorais.

Primeiro trabalho

Em março de 2014 o quarteto entrou em estúdio para gravar o EP “Pague Dez e Vá Para o Céu”, lançado em outubro do mesmo ano através do selo independente Wolves Cave Records. O disco, com 4 músicas e pouco mais de 10 minutos de duração, entrega a síntese do que é a pegada da banda.

A guitarra com distorção extrema, palhetadas rápidas em riffs e solos que misturam elementos do hardcore com o trash metal, dão a toada do som. A bateria frenética, acompanhada pelo baixo que marca o som empurram as músicas pra frente, mantendo-as sempre atacando. Completando, um vocal poderoso que lembra em muitos momentos o estilo de cantar de João Gordo, no Ratos de Porão.

SEGUNDO EP E FORMAÇÃO

Se no primeiro EP, a influência do crossover do Ratos de Porão se faz notar, no segundo EP “Abuso Secular”, de 2016, essa influência fica ainda mais clara. Na música que dá nome ao disco, a CxDxFx o grupo passa seu recado em 43 segundos de crítica aos abusos cometidos por membros da igreja católica.

Completando o EP, a música “Discurso” tem participação de Mao, vocalista dos Garotos Podres, clássica banda punk do ABC Paulista.

Lançado em parceria pela Wolves Cave Records e Valvulado Discos, o EP teve uma boa repercussão, rendendo ao quarteto shows com bandas de renome nacional e internacional, como Olho Seco, Nervochaos, Into Darkness (ALE) e Nervecell (UAE).

Nessa época, a banda também fecha a formação que segue até os dias atuais. Após muitas mudanças, principalmente na guitarra e bateria, a CxDxFx conta atualmente com os membros fundadores Léo Araújo (voz) e Zé Denes (guitarra) e fechando o time Silas Demétrio (baixo) e Thales Matheus (bateria).

Com esse time, o grupo regrava a música “Olhos de Borracha”, presente no primeiro EP da Chafun Di Formio. A regravação ganhou um vídeo clipe, que apresenta o vigor e peso das apresentações da banda.

No momento, a CxDxFx se prepara para gravar um novo EP. Com produção de Manu “Joker” Henriques, vocalista da banda Uganga, o disco se chamará “Revolta” e as gravações terão início ainda no primeiro semestre de 2021.

Para falar um pouco sobre o planejamento da banda, a CxDxFx participará do primeiro Tribhar de 2021, na quinta-feira (14), às 19h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *