Seu streaming brasileiro de Rock!
Notícias

Spotify se mete em mais uma polêmica com Congresso dos EUA

2 min leitura

Mais uma página das polêmicas envolvendo o Spotify foi escrita nos últimos dias, quando o Congresso norte americano enviou uma carta ao CEO da plataforma Daniel EK. O motivo é o recurso Discovery Mode, que estaria permitindo que artistas recebam exposição adicional por uma taxa reduzida de seus royalties.

Spotify

Membros do Congresso dos EUA enviaram uma carta a Ek criticando o recurso. Segundo eles, “escolher aceitar pagamentos de royalties reduzidos é um risco sério para os músicos, que só se beneficiariam se o Modo Discovery produzisse mais fluxos totais para um artista em todo o catálogo, não apenas a faixa coberta pelo programa.”

A carta ainda fala da possibilidade de que dois artistas que busquem o mesmo público e inscrevam suas faixas no programa, poderiam não se beneficiar totalmente da ferramenta, enquanto o Spotify lucraria ainda mais.

“Para artistas de diversas origens, que muitas vezes lutam para acessar capital, a premissa de que agora devem pagar para serem encontrados por novos consumidores no Spotify representa um problema especialmente sério. Pedimos que o Spotify publique, mensalmente, o nome de cada faixa inscrita no programa e o desconto de royalties acordado. Sem essa transparência, você está pedindo aos artistas que façam uma escolha cega, e isso representa um clássico dilema do prisioneiro.”

Por fim, os congressistas ainda falam sobre a falta de transparência da plataforma em relação aos consumidores, que estariam ouvindo conteúdo pago sem saber, o que, segundo eles, seria uma forma de publicidade dentro da plataforma que diz oferecer “música contínua baseada no seu gosto musical e sem anúncios”, caso você seja um membro Premium.

O outro lado

Um porta-voz do Spotify respondeu à carta dos Congressistas dizendo: “Fomos transparentes sobre o uso do Discovery Mode e as considerações comerciais associadas a ele para nossos usuários e parceiros, discutindo publicamente esse teste em muitos fóruns e descrevendo seu uso na experiência do usuário. No geral, a resposta ao Discovery Mode de nossos ouvintes e parceiros foi incrivelmente positiva e continuaremos sendo transparentes sobre como está funcionando.”

Ainda de acordo com o porta-voz, esse é um pedido antigo de equipes de artistas e gravadoras, que desejam alcançar novos ouvintes e gerar novas conexões na plataforma.

Considerações para artistas menores

Analisando as preocupações expostas, podemos supor algumas questões que afetariam de maneira complexa o cenário independente. O uso dessa ferramenta de divulgação pode ser muito prejudicial para artistas independentes, que já não recebem royalties suficientes com as execuções de suas músicas na plataforma. Assim, a forma de alcançar mais público através do próprio Spotify se torna ainda mais difícil.

Ao mesmo tempo, abrir mão de um dinheiro que já é pouco, pode ser uma forma de conseguir um pequeno destaque no meio de tantas opções. Esperemos para ver os próximos capítulos.

Com informações NME

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×
Bandas

Descobertas Tribhus #16 – Alcoóliques, Decreto Sem Lei, TudocorE, Stone Block e Broken Face