Seu streaming brasileiro de Rock!
Bandas

O Rock Não Morreu – Os lançamentos de dezembro de 2021

4 min leitura

Continuamos nosso trabalho de trazer para vocês mensalmente alguns dos bons trabalhos roqueiros lançados em terras tupiniquins.

Por conta de Natal e festas de fim de ano, os lançamentos de dezembro acabaram sendo um pouco mais mornos, mas não é por isso que não tivemos bons lançamentos por aqui.

LANÇAMENTOS

Máfia Russa – Contos da Carochinha

A banda Máfia Russa fechou o ano lançando o disco full “Contos da Carochinha”.

O disco tem aquela pegada que popularmente chamamos de rock brasileiro, mas estão presentes ali elementos do pop rock, hard rock, post punk, entre outros, mostrando a boa qualidade instrumental da banda.

Com letras que tratam de assuntos cotidianos e de relações humanas, o trabalho do quarteto é bem sólido e vale a pena conferir.

Abel Capella – Voe

O músico tocantinense Abel Capella apresentou o belíssimo single “Voe”.

Com muita leveza e uma pegada espacial, Abel fala sobre isolamento, tristeza e depressão, trazendo com a letra uma mensagem de confiança e força para quem está atravessando por momentos complexos.

O instrumental é leve e cativante, com bons arranjos e efeitos que dão o tom para a música se tornar uma aliada na batalha contra esses momentos. Um belo trabalho de rock autoral!

Hard n’ Dogs – The Client is Always Wrong

O Hard n’ Dogs, trio de hard rock cearense, deu de presente de fim de ano para o público o disco “The Client is Always Wrong”.

Lançado nos últimos dias do ano, o disco possui nove faixas e traz um trabalho bem produzido com base no hard rock dos anos 80 e 90.

A banda consegue congregar as influências e criar seu próprio trabalho. Para quem é fã do estilo é uma boa pedida para iniciar o ano curtindo sons novos.

Sapotchen – Essa eu Fiz Pra Ela 

Os mineiros da banda Sapotchen lançaram o single “Essa eu Fiz Pra Ela”, uma ótima canção de pop rock.

A música apresenta bons arranjos de violão, dando um toque acústico em uma mistura com momentos elétricos.

O trabalho tem uma levada que pode agradar bastante aos fãs do rock nacional dos anos 90 e início dos 2000, principalmente de bandas como, Skank, Charlie Brown Jr. e Jota Quest.

Splippelman – Still Night Blue

O quinteto curitibano Splippelman lançou o disco “Still Night Blue”, uma belíssima obra de rock n’ roll.

Com 12 canções e gravado no mítico estúdio Abbey Road, em Londres, o disco é muito bem feito, com arranjos belíssimos e muito bem produzido. Com uma aura sessentista, o trabalho tem belas linhas de guitarra e teclado, uma cozinha poderosa e um ótimo trabalho vocal.

Vale demais a pena conferir o trabalho, é rock em sua essência, tem simplicidade, tem psicodelia, tem progressivo, tem garage, ou seja, vai com fé e ouça!

Excluídos – Ar de Liberdade

Os paulistas dos Excluídos trouxeram em dezembro o single “Ar de Liberdade”, uma canção que é 100% punk rock.

Na letra, simples e direta, o quarteto critica a ideia de liberdade e igualdade que é amplamente vendida, mas que, na realidade, não é bem assim.

Além da boa música, o grupo também lançou um videoclipe com cenas da banda em uma apresentação na Casa de Cultura do Butantã, durante a Virada Cultural de 2020, realizada virtualmente por conta da pandemia.

Saturnina – Melancolia Por Diversão?

O duo Saturnina, formado por Mia Blun e André Garotti, lançou o EP “Melancolia Por Diversão?”, seu trabalho de estreia.

Com uma pegada que mistura folk rock, mpb, pop e outros elementos, o trabalho é muito bem produzido, com belos arranjos instrumentais, que combinam muito bem com o vocal de Mia.

Com letras que falam sobre relações, melancolia, cotidiano e as complexidades da vida, o duo brasiliense é mais uma boa novidade.

Samyr Rathge – Esperança

O músico Samyr Rathge lançou no fim do ano passado o single “Esperança”.

Com pegada que flerta com o punk e o grunge, o som traz uma mensagem de esperança, mas ao mesmo tempo aponta os problemas e desigualdades que vêm crescendo nos últimos anos no país.

Feito totalmente no esquema do Do It Yourself, a produção e gravação ficou toda por conta do próprio músico, que também filmou e produziu um lyric vídeo para a canção. Mais um bom trabalho de Rathge.

Plastic Fire – Pergunte ao Cavalo

Um dos bons nomes do hardcore brasileiro, os cariocas da Plastic Fire lançaram o single “Pergunte ao Cavalo”.

A canção segue mostrando muita qualidade em suas produções. Com riffs fortes de guitarra e cozinha pesada, a música faz o ouvinte se questionar sobre onde chegar e como se chegar até lá.

Meu Funeral – Então é Natal 

Para fechar os lançamentos de dezembro, trazemos um dos principais destaques do rock nacional em 2021. Os cariocas da Meu Funeral lançaram seu especial de Natal, com a música “Então é Natal”.

Com letra crítica e frisando os momentos complexos que vivemos durante o último ano, o quarteto contou com uma série de participações especiais para a produção.

Fazem parte da produção Reynaldo Cruz (Plastic Fire), Carox (Miami Tiger), Lena Papini (Francisco El Hombre), Sebastianismos, Malfeitona, Dani Buarque (The Monic), Jucks e Letícia Pires (A Creche).

Tudo bem que o Natal já passou, mas vale a pena dar o play no som.

MAIS LANÇAMENTOS

Rota 316 – Vidas Editadas (single)

Luiz Novo – Eu Não Tenho Nada (single)

Autoramas – O Ritmo do Algoritmo (single)

Estado Zero – Sentença (single)

Obsaw Lehtoss – Lonely Guy (single)

Canto Cego – Fábula de Uma Granada (single)

Jonnata Doll e Os Garotos Solventes – Filtra-Me (single)

Brothers of Brazil – Rise (single)

Vera Loca – Te abraçar (single)

Mago Trapus – Papo Bom (single)

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *