Seu streaming brasileiro de Rock!
Bandas

O Rock Não Morreu – Os lançamentos de Maio de 2022

5 min leitura

Mais um mês que chegou ao fim e estamos aqui para falar sobre alguns dos bons lançamentos roqueiros que rolaram no Brasil durante o último mês. É a coluna “O Rock Não Morreu”, que tem o objetivo de provar que o rock continua muito vivo e produzindo muita coisa boa.

ROSA TIGRE – DOIDO PARA BRIGAR, LOUCO PARA AMAR 

Abrindo os lançamentos do mês de maio, temos o disco “Doido Para Brigar, Louco Para Amar”, dos paulistas da Rosa Tigre. A banda, com menos de um ano de vida, vem mostrando muita qualidade e profissionalismo em sua curta trajetória.

O disco, com 10 faixas, passeia por uma série de influências do grupo dentro do punk rock. As canções abordam diversos temas interessantes, desde nostalgia e vida noturna, até a críticas e questionamentos sobre os moldes da sociedade.

Vale destacar o ótimo trabalho que a banda faz na sua identidade visual, tanto em clipes, quanto no disco. Além da belíssima produção na gravação do álbum. Um grande lançamento e que merece atenção.

BRATISLAVA – VELHOS RITUAIS/TERRA DO NUNCA MAIS

A Bratislava lançou em maio os singles “Velhos Rituais” e “Terra do Nunca Mais”. Duas canções que mostram porque a banda vem se destacando há anos no cenário underground do indie rock nacional.

Com toada leve, baixo bem marcado, batida de bateria firme e belos e suaves arranjos de guitarra, a banda entrega duas boas faixas para quem gosta de rock alternativo. Vale destacar as ótimas poesias que o quarteto entrega em suas letras, que falam sobre relacionamentos de maneira belíssima.

Vale muito a pena conferir os lançamentos e ficamos na expectativa pelos próximos lançamentos do grupo.

 GLÓRIA – PASSAGEIRA/FALSO MESSIAS/CAOS E DOR

Após 3 anos sem nenhum lançamento, a banda Glória trouxe ao público 3 novos singles no mês de maio, “Passageira”, “Falso Messias” e “Caos e Dor”.

Os trabalhos mantêm o estilo que tornou a banda conhecida no meio dos anos 2000, com a mescla entre o peso do metal e hardcore e momentos mais leves e melódicos. Destaque para as dinâmicas de bateria, que dão, em boa parte, a tônica das canções. Os riffs pesados de guitarra também se destacam, junto com o trabalho já bem conhecido do vocalista Mi.

Nas canções, a banda destaca desde críticas políticas e sociais, até questões existenciais. Não deixe de conferir os lançamentos.

BAD LUV – VENDAVAL

O quarteto Bad Luv lançou o single “Vendaval”, uma música que é uma boa amostra dos caminhos que o rock pode seguir, quando se desprende de algumas amarras.

O single, terceiro lançamento da banda, nascida durante o período da pandemia, mistura elementos eletrônicos, batidas pops, levadas de ska, hardcore melódico, além de outras influências que podem ser sentidas, como o rock dos anos 90, mas tudo com um filtro moderno.

Na letra, a banda discorre sobre questões de crescimento, auto conhecimento e os obstáculos que a vida coloca na frente da gente. Um bom lançamento, que vale ser conferido.

ARKA NOIDZ – MENTAL DISORDER

O primeiro lançamento da banda Arka Noidz mostra um post-punk que parece ter até a neblina das noites dos anos 80.

O trabalho instrumental do quarteto é muito bem feito, com bateria e baixo em uma ótima coesão, arranjo de sintetizador muito interessante e um riff de guitarra cativante. A voz, tem um timbre muito interessante, com um grave bem distinto e que mostra uma boa identidade vocal.

O single de debut da banda merece atenção.

MARU – AINDA BEM QUE EU NÃO SOU MAIS TÃO JOVEM

A banda Maru lançou em maio o single “Ainda Bem Que Eu Não Sou Mais Tão Jovem”.

O trabalho do quarteto é uma ótima mistura de elementos, flutuando entre os anos 80, o indie rock dos 2000, ritmos brasileiros e muita criatividade.

A dinâmica da guitarra é um dos destaques na parte instrumental, mas há também um trabalho de metal muito bom, que se mistura à boa levada de bateria e baixo. Tudo isso se combina de forma majestosa com o vocal de Layon.

A letra é outro destaque da canção, com uma ótima poesia, que discute os ônus e bônus do envelhecimento de forma primorosa. Não deixe de ouvir o single.

MENORES ATOS – LÚMEN

A banda Menores Atos lançou o EP Lúmen, com cinco canções que continuam mostrando o porquê de a banda ganhar mais destaque a cada novo ano.

O power trio mostra toda sua qualidade musical e cria cinco ótimas canções, que trazem elementos do hardcore melódico, mas também estão presentes toques do rock alternativo dos anos 2000, tudo embalado por letras profundas, que discutem questões sobre a vida e a nossa existência.

Destaque, além para as ótimas canções, para a capa do EP, que brinca de forma gráfica com as antigas capas de LP, gastas pelo tempo e com a marca do disco dentro. Um ótimo EP de uma das boas bandas que percorrem o underground nacional.

FUD’S GANG – CEGUEIRA DEMENTE

O quarteto paulistano Fud’s Gang apresentou o single “Cegueira Demente”.

Com uma boa mistura entre momentos do rock, a banda traz elementos do rock alternativo, dos 2000, com pitadas de anos 60 e 80, criando um bom trabalho instrumental. Na letra, uma ótima análise sobre o momento atual, criticando pensamentos retrógrados e como o medo do novo impede muitos de entender e se expandir.

Mais um bom lançamento que chegou por aqui já no apagar das luzes do mês de maio.

BINARIOUS – O AMOR FAZ ENCONTRAR

Também no fim de maio, a banda Binarious lançou o ótimo single “O Amor Faz Encontrar”.

As brasilienses fazem um ótimo indie rock, com pitadas de muito bom gosto de pop. A levada de bateria, em conjunto com o bom groove do baixo, dão o principal tom da canção, que ainda conta com boas linhas de guitarra e um ótimo trabalho vocal, dividido entre as três integrantes do grupo.

O trabalho do power trio vem se fortalecendo na capital federal e merece destaque, pela qualidade apresentada.

MEU FUNERAL – TROPICORE HARDCAL

 

Os cariocas da Meu Funeral lançaram em maio o EP “Tropicore Hardical” com quatro canções inéditas.

O quarteto apresenta mais uma boa obra muito bem trabalhada, com ótima produção e com o bom humor, sarcasmo e crítica, tradicional do grupo. Com sua mistura de punk rock com hardcore melódico, a banda fala de abusos psicológicos em relacionamentos, na ótima “Ele Não Ama Você”, que conta com participação da vocalista Letícia Pires, da banda A Creche. Além de brincar com o cotidiano em “Ninguém Mais Ouve Ska”, com rock nacional, em “O Rock n’ Roll Anda Tão Burocrático” e, até com seu próprio nome, em “Meu Funeral”.

Se você ainda não conhece a banda, faça um favor a você e vá conferir o trabalho do quarteto e esse lançamento.

MAIS LANÇAMENTOS

ANÔNIMOS ANÔNIMOS – SÓ SE MORRE UMA VEZ (SINGLE)

ROCKWAY – MINHA ORAÇÃO (SINGLE)

SANDINISTAS – (FULL)

FACA PRETA – CÃES DE RUA (SINGLE)

FIBONATTIS – VIDAS (SINGLE)

BROKEN – NADA DÓI TANTO QUANTO UM “NUNCA MAIS” (SINGLE)

CONCERTO DOS LAGOS – PERPÉTUA (SINGLE)

SYLVESTRA BIANCHI – SONS OF THE BLUE RAY (SINGLE)

FORTE NORTE – CICATRIZES (SINGLE)

CLAUSTROFOBIA – FORÇA ALÉM DA FORÇA (SINGLE)

GANGGORRA – NADA PRA PROVAR (SINGLE)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *